Páginas

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Grupo de mulheres se acorrenta no Planalto contra afastamento de Dilma


Um grupo de pouco mais de 30 mulheres está acorrentado em grades em frente ao local onde a presidente afastada, Dilma Rousseff, fez uma fala ao público, na beira da rampa do Palácio do Planalto.
O grupo, que reúne mulheres de diversos movimentos sociais, afirmou que "vai resistir" e só sairá do local à força. "Eles estão tirando a Dilma à força e nós vamos ficar aqui até eles tirarem a gente à força, em solidariedade à democracia e à presidente Dilma", disse Camila, que depois de repreendida pelas demais identificou-se como Vanda. "Somos todas Vanda", afirmou em referência ao nome utilizado por Dilma durante a ditadura militar.
 Segundo uma das integrantes, a polícia ainda não tentou retirá-las do local. "Estamos conversando, mas estamos empenhadas em ficar aqui até o golpe acabar", disse.
Fonte: UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário